Os seres humanos tem dois tipos de dentição, a dentição de leite, e a permanente, mas, já é possível ter a terceira dentição através do implante dental.

Ninguém gosta de ter vincos nas laterais da boca ou aquelas linhas verticais sobre os lábios. O que muitas pessoas não imaginam é que esse tipo de envelhecimento facial, em alguns casos, pode ter sido causado por problemas dentais. Por isso, antes de pensar em uma cirurgia, aplicação de botox, preenchimento ou qualquer outro tratamento estético, o mais importante é procurar um cirurgião dentista, pois muitas vezes a ausência de um ou mais dentes é a principal causa destes problemas estéticos.

Os implantes dentários além de devolverem a função mastigatória e a fala também devolvem as pessoas a imagem da face completa e jovem, recuperando a autoestima e melhorando o convívio social dos pacientes. Muitas das pessoas que nos procuram para reabilitações com implantes, chegam com a com o estado psicológico abalado, cheias de complexos e traumas. Por isso tão importante quanto resgatar a capacidade mastigatória é promover o resgate do convívio social.
Quando acontece a perda dos dentes permanentes, seja uma perda individual, múltipla ou muitas vezes total, o organismo não tem como repô-los novamente, e é justamente onde se inicia o tratamento de reabilitação dos dentes perdidos. Um implante é um cilindro confeccionado em titânio ( que é um metal inerte ao organismo humano), que após instalado nos ossos da maxila e mandíbula, funciona como se fosse a raiz de um dente.

Por ser compatível com os tecidos orgânicos, uma vez instalado no osso, o implante não provoca reações alérgicas ou rejeição. Após o implante estar integrado ao osso, confecciona-se sobre sua plataforma, a coroa do dente perdido, que poderá ser cimentada ou parafusada.

Engana-se quem pensa que o implante dentário é algo terrível e demorado, pois a cirurgia para instalação de implantes dentários é de certa forma simples, e leva-se em média 15 minutos para cada implante instalado.

É claro que este tempo cirúrgico extremamente rápido é consequência de um planejamento pré-cirúrgico minucioso e demorado, ou seja, há uma série de protocolos a serem seguidos para que se tenha rapidez e o sucesso do caso.